quarta-feira, 18 de abril de 2018

Data-Base 2018: trabalhadores aprovam pauta da EPTC



Na noite da terça-feira (18/04), trabalhadores da Empresa de Transporte e Circulação (EPTC) – exceto agentes de fiscalização – se reuniram na sede do SEMAPI para definir a pauta com as reivindicações da categoria para a data-base deste ano. Na assembleia, foi aprovado o texto que será levado à diretoria da empresa, para que seja marcada a primeira reunião de negociação. 

O documento aprovado possui ao todo 75 cláusulas, sendo 42 com itens já constantes em acordos anteriores e que devem ser mantidos. Entre as novidades pleiteadas neste ano, estão jornada de trabalho semanal de 40h, adicional de transporte de valores e por condução de veículos, licença nojo de nove dias e incorporação proporcional no salário da Função Comissionada. 

Outras melhorias, como reajustes nos salários e nos vales transporte e alimentação, também devem ser negociadas. Além disso, cláusulas sociais como folga dupla e abonos por faltas foram melhoradas e serão defendidas nesta data-base.


terça-feira, 16 de janeiro de 2018

Data-Base 2017: EPTC não dá trégua e sindicato continua negociando

Na manhã desta terça-feira (16/01), integrantes da diretoria do SEMAPI e representantes da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) estiveram reunidos com a gestão da empresa para afinar a negociação coletiva do ano passado, que ainda não foi finalizada. Entre os principais pontos discutidos, estiveram abono dos períodos de paralisação durante a greve da categoria, reajuste salarial e mudanças no plano de saúde.
A proposta da empresa é mudar o plano de saúde de Unimax para Unipart (da Unimed), com participação limitada do trabalhador a R$20 nas consultas, sem cobrança de exames e internações. Sobre a greve, a EPTC propõe que o funcionário compense em até 60 dias o período não trabalhado. O SEMAPI reivindicou que haja abono, já que não passou de um dia e meio de greve, sendo que alguns trabalhadores paralisaram apenas meio turno.
Além disso, o Sindicato cobrou uma proposta de reajuste salarial a ser pago antes da data-base deste ano, que é maio. A EPTC disse que levará estas demandas à apreciação dos demais diretores para depois marcar uma nova reunião com o SEMAPI.